Gestão Portuária

Aspectos jurídico-conceituais, características físicas das instalações portuárias, operações e serviços.

Sobre o Curso

Como elo na cadeia de transportes resultante do comércio internacional brasileiro, os portos respondem por uma parcela significativa da competitividade dos produtos brasileiros no mercado externo. Na medida em que o Brasil amplia a sua participação no comércio internacional, os portos vão crescendo de importância, na qualidade de principal tipo de terminal para embarque e descarga internacional.

No início da década de 90, uma “onda modernista” varreu o país, com o ingresso definitivo do Brasil na era da economia globalizada. O desafio da comunidade portuária privada brasileira passou a ser a formação de quadros tecnologicamente capacitados a gerir o negócio PORTO.

O curso Gestão Portuária foi tecnicamente planejado e estruturado para preencher lacunas neste campo de conhecimento, de maneira a suprir esta necessidade, preparando o Participante com informações sobre aspectos jurídico-conceituais da organização portuária, as características físicas das instalações portuárias, as operações e os serviços oferecidos pelos terminais portuários, bem como o planejamento das operações portuárias.

Conheça o curso

Público Alvo

Gerentes, Coordenadores, Supervisores, Encarregados e Conferentes de terminais portuários, profissionais de qualquer nível atuantes em Autoridades Portuárias, OGMO, Armadores, Despachantes Aduaneiros, trabalhadores portuários em geral, oficiais da Marinha Mercante e da Marinha de Guerra, e profissionais de outras áreas que desejem aprofundar e/ou reciclarem os seus conhecimentos neste campo profissional, bem como prover conhecimento atualizado para aqueles que estão iniciando na carreira.

Habilidades Adquiridas com o Curso

  • Planejar, gerenciar, coordenar e executar operações portuárias em geral;
  • Ter uma visão clara sobre a organização e a estrutura jurídicas dos portos brasileiros;
  • Debater no nível gerencial abordagens técnicas, com o Órgão Gestor de Mão-de-Obra e as Autoridades Portuária, Aduaneira, Marítima e Ambiental, sobre o trabalho realizado em um Terminal Portuário e as respectivas legislações reguladoras;
  • Decidir tecnicamente quanto à adequação dos equipamentos de movimentação horizontal e vertical a serem empregados nas diferentes operações com cargas;
  • Definir fluxos de veículos e cargas nas áreas operacionais de um terminal;
  • Planejar, coordenar e supervisionar todos os procedimentos relativos à armazenagem e movimentação de granéis, carga geral e contêineres, em áreas alfandegadas e não alfandegadas;
  • Assessorar e discutir tecnicamente com o Comando de um navio todos os aspectos relacionados às operações de embarque e descarga.
  • Acompanhar administrativamente a execução de obras portuárias;

Onde Aplicar

  • Autoridades portuárias e órgãos de controle e fiscalização atuantes nos portos;
  • Órgãos Gestores de Mão-de-Obra e entidades sindicais atuantes na atividade portuária;
  • Operadores portuários, terminais marítimos, dentro e fora da área do porto organizado;
  • Armadores e agencias marítimas.

Carga Horária

36 horas

Programação Curricular

UNIDADE 1 - ASPECTOS JURÍDICOS E ORGANIZAÇÃO PORTUÁRIA

1.1 Conceitos básicos de portos
1.2 Histórico portuário brasileiro
1.3 Lei 12.815/2013 - conceituação jurídica
1.4 Trabalho portuário avulso
1.5 Modelos de gestão portuária e de autoridade portuaria

UNIDADE 2 - INSTALAÇÕES PORTUÁRIAS

2.1 Infraestrutura aquaviária de um porto
2.2 Agentes da natureza
2.3 Obras de proteção ou de abrigo
2.4 Dragagem, batimetria e derrocagem
2.5 Infraestrutura terrestre de um porto e obras de acostagem
2.6 Viabilidade técnico-econômica de um porto

UNIDADE 3 - A FUNÇÃO COMERCIAL DE UM PORTO

3.1 Características econômicas dos serviços portuários
3.2 Repercussões econômicas de um porto
3.3 Hub Ports e Feeder Ports
3.4 Análise dos portos do Atlântico Sul
3.5 Serviços prestados nos portos
3.5 Estatisticas portuárias

UNIDADE 4 - TERMINAIS PORTUÁRIOS ESPECIALIZADOS

4.1 Terminais de múltiplo uso (TMU)
4.2 Terminais de contêineres (TECON)
4.3 Terminais Roll-On/Roll-Off (RO-RO)
4.4 Terminais para granéis sólidos
4.5 Terminais para granéis liquidos

UNIDADE 5 - PLANEJAMENTO DAS OPERAÇÕES PORTUÁRIAS

5.1 Informações gerais
5.2 Planejamento por navio
5.3 A escolha do berço e recursos necessários
5.4 Operação do navio
5.5 Avaliação operacional - análise do desempenho operacional

ESTUDO DE CASO

Gestão Educacional

Paulo Ambrósio (Fundador)

 

Foi Oficial da Marinha Mercante, Administrador e Mestre em Administração; professor de Logística na FGV; consultor das Nações Unidas na área de transporte, com missões desempenhadas na América Latina e na África; foi executivo nas áreas de navegação, portos e terminais de carga, além de ser autor de livros técnicos nas áreas de Logística e Transporte.

 

Roberto Tarantino (Tutor)

Graduação em Transporte de carga e Logística formado pela UNESA em 2001 e graduação em Logística Empresarial em 2008, Pós-Graduado em Logística Empresarial pela UCAM em 2003, Pós-Graduado em Ciências da Educação pela Paraíso em 2015 e Mestrado em educação em 2013. Trabalhou em diversas empresas privadas na área da Logística de médio e grande porte no Rio de Janeiro, em diversos segmentos por 26 anos. Domínio na gestão dos segmentos da área de: Compras e Suprimentos, PCP, Custos Logísticos, Estoques, Armazenagem, Distribuição e Transporte. Sólidos conhecimentos em processos logísticos envolvendo ERP’s, WMS e TMS. Implantação, acompanhamento e auditoria de projetos na Suplly Chain, Logística Reversa e Cadeia Logística Sustentável. Consultorias nas áreas de compras, estoques e transportes.

 

 

GOSTOU DO CURSO? MATRICULE-SE AGORA!

© 2021. COMEXGATE-EAD. Todos os direitos reservados. | Termos de Uso | Política de Privacidade Acesso Admin Acesso Tutor

Meu Pedido


Carrinho Vazio


Notificações

Marcar todas como lidas